Colorido especial

segunda-feira, 21 de junho de 2010

por Jéssica de Oliveira

Hoje, a Secretaria de Cultura e Turismo de Nova Iguaçu terá oficialmente um novo secretário. Écio Salles, nomeado pela prefeita Sheila Gama, celebrará sua posse no teatro do Espaço Cultural Sylvio Monteiro às 18h, após dois anos e meio como secretário-adjunto da SEMCTUR, onde chegou a convite do ex-secretário Marcus Vinicius Fastini.

Cria do subúrbio carioca e do grupo Afro-Reggae, Écio tem em seu currículo os títulos de escritor, pesquisador do PACC-UFRJ e doutor em Comunicação e Cultura pela ECO-UFRJ, além de ser o curador do Onda Cidadã e do prêmio Orilaxé.


Como secretário, Écio Salles se diz muito feliz pela confiança que a prefeita deposita em seu trabalho e sua equipe. "A gente tem uma pegada diferente e um conceito de atuação com a cultura que é muito complexo e muito sofisticado até, mas que ao mesmo tempo alcança as pessoas. Ela acreditou na nossa proposta, o que é muito bom", conta.


Herdeiro da responsabilidade de dar continuidade à excepcional gestão do amigo Marcus Vinicius Faustini - como ele mesmo faz questão de dizer -, Écio diz ter, além desse dever, a vontade e o desejo firmes de aumentar ainda mais o que conquistou como membro da equipe liderada pelo ex-secretário. "Uma das grandes virtudes da gestão do Faustini foi ter acrescentado a um lugar que já era rico as pessoas que participavam da cultura. Ele conseguiu acresentar mais gente - como a juventude - conseguiu criar mais atores culturais... então a gente herda a responsabilidade de dar continuidade a esse processo".

Um rico momento
"Eu posso dizer que, assim como nas universidades que eu frequentei, no tempo que eu passei no Afro-Reggae e a minha experiência como consultor do Itaú Cultural, a experiência daqui de Nova Iguaçu também foi um grande aprendizado pra mim, porque eu aprendi muito - e digo isso não pelo fato de ter sido nomeado secretário de cultura -, convivendo com as pessoas e passando essa temporada na cidade. Sem dúvida nenhuma me enriqueceu muito, me acrescentou muitas novidades. Nova Iguaçu é muito rica, potente e produtiva. Um experiência que permanecerá na minha vida".

Segundo Écio, tornar-se o novo secretário representa uma alegre conquista em sua vida. Ele afirma que essa gestão será muito boa para ele, mas não pode fazer a mesma afirmação para o futuro da cidade. "Eu sei que nós vamos enfrentar muitas dificuldades, mas poderemos criar muitas coisas. Essa gestão com certeza será boa pra mim, mas se será boa para a cidade, só o tempo dirá, porque vai depender de como eu vou responder aos desafios".

Com relação aos projetos já existentes no município, como o Jovem Repórter (Cultura NI), a Escola de Pesquisa de Nova Iguaçu e o pioneiro Bairro-Escola, Écio diz apoiá-los e acima de tudo, admirá-los, tendo a pretensão de ampliá-los e melhorá-los. "Faremos parcerias, principalmente tratando-se do Bairro-Escola, com a secretaria de Educação, que anda completamente de mãos dadas à cultura". Além disso, o novo secretário demonstra interesse e preocupação com os tradicionais costumes iguaçuanos, como a Folia de Reis, festas juninas, contação de histórias, etc. "Essas tradições precisam de apoio e atenção da cultura para que não se percam, e é isso que devemos fazer".

Além da cerimônia de posse hoje à noite, Écio Salles está preparando uma intervenção chamada Palavras ao Vento. Ao meio dia, 500 balões serão soltos em frente à prefeitura, marcando o início de sua gestão "Além de tudo o que o Faustini me ensinou, aprendi que as vezes nós precisamos fazer demonstrações como esta, onde, no meu caso, é sinal de celebração".

Um detalhe importante dessa manifestação é que cada balão terá, em seu interior, uma poesia escrita por um poeta iguaçuano, seja ele famoso ou anônimo. "O legal é que a gente não sabe onde vai cair, quem vai receber. Cada um terá uma cor diferente, altura, poesia diferentes, mas todos voarão por seis horas, colorindo o céu de Nova Iguaçu", finaliza.

Assim como um agente cultural, seja ele ator, escritor, poeta, repórter, pesquisador ou secretário. São todos diferentes, mas cada um com seu colorido especial.


Interatividade:
Você conseguiu pegar um balão poético?

2 Comentários:

Sanaah disse...

Linda matéria Déh, imagine se tivesse o audio? Risos. E Écio, seja mais que bem vindo, a casa é sua. Beijos =**

Obrigada, flor!
E olha,eu não consegui pegar nenhum balão. Pra falar a verdade eu passei o dia todo olhando o céu mas não consegui ver os balões... ;/

Postar um comentário

 
 
 
 
Direitos Reservados © Cultura NI