Ed Rio e Sampa também

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

por Fernando Fonseca

Fundada em seis de dezembro de 1990, a casa de shows Rio Sampa surgia para os freqüentemente esquecidos seres das terras baixas, em especial os iguaçuanos, como uma inovadora e necessária opção para lazer e cultura. Em seus vinte anos de existência, pudemos acompanhar a passagem dos mais diversos músicos e bandas do circuito nacional. Nomes ilustres como Roberto Carlos, cantor que inaugurou a casa com seu show, Ivete Sangalo, Claudia Leite, dentre outros.


Localizada na Rodovia Presidente Dutra, Km 177, N° 14.000 - Nova Iguaçu – RJ, a casa de shows conta com uma programação diversificada capaz de atender aos mais diversos públicos. Em seu enorme leque de opções musicais constam ritmos como: pagode, funk, axé, music dance, que, dentro outros, reforçam nosso conceito de cidade heterogenicamente musical. Belas acomodações, pronta para agradar. Segurança garantida. Confortavelmente sofisticado. Itens que se somados, tornam qualquer lugar irresistível, até aqueles localizados no eixo Rio-São Paulo.

Quarta-feira. Noite. Comemoração em alto estilo. A noite prometia. Em comemoração às duas décadas de existência, um dos grandes nomes da música popular brasileira far-se-ia presente. Seu nome? Eduardo Motta. Cantor, compositor e produtor musical mais conhecido por seu nome artístico: Ed Motta. Multi-instrumentista, Ed Motta carrega em suas letras, fortemente influenciadas pelo Funk/Soul, tons puramente
nostálgicos.

Os minutos passavam e a ansiedade aumentava. Era possível ouvir os passos vagarosos dos segundos em algum ponto longínquo da pista. Talvez fosse a já conhecida ansiedade... Nessas horas o tempo parece simplesmente congelar... Talvez o show estivesse realmente demorando a começar. Nenhuma novidade. Pessoas. Roupas. Conversas. Cores. Rostos. Era tudo tão diferente a ponto de todos estamparem em suas fases a seguinte pergunta: Será que eles se enganaram de show? Não, não
haviam... Era o poder da música!

O som se anuncia. O público se agita. As cortinas se abrem. Guitarra e teclado acompanhando os rugidos de um leão. Curioso sentir como o tempo nessas horas passa tão rápido. Em grande contato com o público, era possível sentirmo-nos íntimos de Ed Motta e seu improvisado repertório. Memórias a cantores célebres como Stevie Wonder e Tim Maia estiveram presente, assim como seus maiores hits ‘Colombina’, ‘Fora da Lei’, ‘Manuel’, dentre outros... Grande simpatia. Sim, viva a dilatação
do tempo. Adeus.

Um presente à nossa cidade que, há muito, se vê na carência de grandes atuações da MPB. Que esta apresentação sirva para assomar aos potenciais de produção cultural na Baixada Fluminense. Que venham mais!

13 Comentários:

Anônimo disse...

EU TBM FUIIIIIIII \O/\O/\O/
SHOW MARA.

BIA*

Clariana dos Santos disse...

Simplesmente nostálgico.
Pensei que o show fosse ser ruim,
me enganei.
Cantor simples e humilde.
conversou com o público e atendeu aos nossos pedidos.
tentei pegar a toalhinha fedida dele...
estava louca, com certeza.
ainda bem que não deu certo!!
EU IRIA DE NOVO!

Anônimo disse...

Esse kra canta muuuuuuito!
já fui num show dele na Lapa.
bom show deve ter sido...
voz e violão não??!!
bom ficar por dentro da programação musical.

João Salles

Bruna disse...

Ele realmente parece um leão rugindo**
superfofoO

Anônimo disse...

chupa que é de uva!!
perdi essa
failed

Tatiane Fonseca disse...

O show foi perfeito!!!
Eu,simplismente,adorei!!!
Precisamos mais de shows dessa qualidade!
Vamos aguardar o proximo!

Carol Caetano disse...

A melhor parte foi:

"toca o titioooooo!"


curti d+

Deborah disse...

so fucking man!
amazing.
just do it*

Anônimo disse...

Simplesmente incrível!!
canta muito.
timbre mágico...

Ana Clara disse...

ele tocou quantas músicas do tio?
quixato, perdi!
=/


ps: adorei o título. bem sugestivo. rs

Carol Caetano disse...

apenas uma, infelizmente.
mas foi linda:

"ah, se o mundo inteiro me pudesse ouvir,
tenho tanto pra contar..."

Fernanda disse...

Nossa! Eu não fui! (pena!) Mas me senti dentro do show depois disso! Rsrsrs Na próxima quem sabe néah? Tb adorei o título! Fer, vc tá arrasando (depois do Ed Motta, claro!)

Anônimo disse...

Chupa que é de uva!!
na próxima eu vou...


Eduardo

Postar um comentário

 
 
 
 
Direitos Reservados © Cultura NI