De volta para o futuro

quinta-feira, 16 de junho de 2011

por Dine Estela

Oriundo do movimento estudantil, o novo Secretário de Cultura de Nova Iguaçu, Anderson Ávila, mais conhecido como Anderson Batata, fez jus às suas origens ao ter como primeira ação um longo papo com a juventude de Nova Iguaçu, representada pelos Jovens Repórteres. A lista de ações voltadas para esta geração conta com projetos sociais e culturais, mas também trata a inserção da região no cenário cultural como uma questão social que deve ser resolvida com a realização de projetos culturais como o turno cultural em comunidades com risco social e a liberação de verbas para produções culturais.


Anderson Batata também prometeu uma comunicação mais direta com a secretaria, algo em torno da web 2.0. “Quem não quer dialogar que não tenha rede social. Todos vão falar diretamente comigo sem precisar marcar em agenda”, enfatizou Batata, que pretende criar o Gabinete Digital com o intuito de ampliar o acesso do cidadão ao órgão público.

A criação de um Conselho Municipal de Políticas para a Juventude que vai viabilizar um Plano Municipal de Juventude foi bem recebido pelos jovens repórteres, que reclamaram muito da falta de assistência do poder público em políticas para os jovens. “Estamos sempre em segundo plano, principalmente em se tratando de Baixada. O município do Rio instituiu a meia-passagem para os estudantes universitários, mas quem mora na Baixada não tem esse direito. Logo nós que moramos tão longe da metrópole e passamos a maior parte do tempo dentro dos transportes públicos não somos beneficiados. Precisamos lutar para que esta ação se estenda ao Estado”, destacou a rapper Combatntte Xavier, que também faz parte do JP.

A questão da violência urbana também foi tratada como algo que a cultura possa ajudar a diminuir. “Quando entramos com projetos culturais, movimentamos lugares com a inserção da ação pública, seja com iluminação pública, limpeza ou maior policiamento, que pode diminuir muitos casos de violência como o ocorrido em bairros mais periféricos”, lembrou o secretário a respeito do ataque do psicopata sexual que aterrorizou moradores de Cabuçu no último mês.

2 Comentários:

BATATA disse...

Vamos levar a frente um trabalho de uma agenda propositiva aos jovens da cidade, vcs possuem um papel importante que precisa ser visto co carinho e ao mesmo tempo fortalecido, contem comigo. Parabens.

Dine Estela disse...

Obrigada, secretário

Postar um comentário

 
 
 
 
Direitos Reservados © Cultura NI