Poema audiovisual

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

por Lucas Lima

"Lembranças de minha avó", da jovem repórter Yasmin Thayná, foi exibido na noite do último sábado no Centro Cultural Donana, em Belford Roxo, durante 1º Sessão Realizadores do Cineclube. Foi a primeira exibição pública do curta, que, como o título sugere, mostra uma pouco da rotina diaria da avó da diretora, além de contar histórias e lembranças narradas pela mesma.

“Eu sempre quis fazer uma poesia para minha avó, mas nunca tive dom para ser poetisa. Sou completamente apaixonada por ela, que me criou junto com o meu pai”, disse a cineasta, de apenas 17 anos. Numa noite do último mês de julho, durante suas férias, Thayná começou a escrever. “Quando vi já era uma prosa. No dia seguinte fui pra casa dela, levei um tripé, uma câmera digital, nada muito profissional. Montei e começei a filmar minha vó cozinhando, alimentando os pássaros, etc.", conta.



A história da jovem no cinema começou no ano de 2009, durante o II Festival de Cinema de Nova Iguaçu, o Iguacine. "Eu fui num festival de dança no Top Shopping, vi um outdoor do Iguacine em frente à Prefeitura. Eu nem dei ideia, pensei que um festival de cinema em Nova Iguaçu deveria ser numa televisão de 29 polegadas", relembra. "Na volta encontrei um amigo, e ele no perguntou se eu ia ao festival, disse que não. Ele me deixou empolgada, fui e assisti três filmes. Depois fui todos os dias, e vi todos os filmes".

Yasmim começou a frequentar os cineclubes da cidade, e hoje é aluna da Escola Livre de Cinema. "Nesse Iguacine, eu conheçi o Miguel Nagle, nós conversamos e ele me falou do Cineclube Digital, depois fiquei sabendo do Buraco do Getúlio, já tinha ouvido falar mas nunca tinha ido. Começei a ir todos os meses". Sua primeira experiência prática com o mundo do cinema, porém, aconteceu esse ano. "Em janeiro desse ano, o Miguel ofereceu uma oficina, pelo aniversário de dois anos do Cineclube. Eu fui, aprendi umas coisas bem legais".

Hoje, além de aluna da ELC, Yasmin criou seu próprio Cineclube. "Mesmo que a ideia de montar um cineclube não tenha sido minha, acho que a iniciativa de criar um espaço onde tenham filmes que são de graça e atende a comunidade é genial”. O Cineclube é montado sempre na primeira e na ultima sexta-feira de cada mês na FAETEC de Nova Iguaçu, onde Yasmin estuda. “Esse cineclube teve sua primeira exibição em abril desse ano. Hoje exibimos filmes independentes do Youtube, porque como não temos muitas fontes, não podemos sair pirateando e exibir”.

"Não fiz esse filme pra ser visto, mas acho que o ser humano foi feito de incentivo. Mostrei o filme pra Josy Antunes, por indicação do Miguel, e fiquei reparando de canto de olho pra ver a reação dela, ela gostou pra caramba, e me incentivou a passar aqui no Donana, fiquei superfeliz", declarou a jovem emocionada. Após a apresentação do curta, uma pequena avaliação do mesmo foi feito por Márcio Graffiti. E para encerrar a noite, o longa "Não por acaso", de Phillipe Barcinski, indicação da próprioa Yasmin.

Infelizmente, problemas pessoais impediram que a homenageada da noite fosse ao centro cultural. "Minha avó viria, mas houve um contratempo e meu pai não pôde trazê-la". Ela contou ainda sobre a emoção de sua avó ao ver o filme, na própria noite em que terminou de editar o material filmado. "Ela foi a primeira pessoa a ver. Eu a chamei quando ela estava se preparando pra dormir. Ela viu e começou a chorar bastante".

6 Comentários:

bom saber que ela teve sucesso nesse começo.

Ainda não tive a oportunidade de ver o video....mais sei que deve ser bom
Boa sorte YahYah...

Gabriel Santana disse...

A cada dia ela me mostra que vai ser uma excelente cineasta mesmo, rs
Também não tive a oportunidade de ver, mas vindo da Yaya.. só pode ser coisa boa! rs

Parabéns amiga, você está cada dia melhor!

Marina G [novo] disse...

Tive a honrar de estar nesse momento tão especial pra Yayá, fico muito feliz.
Muitos virão e espero poder estar sempre!

Beijos!

Adriana Boyd disse...

Parabéns Yasmim, fico muito orgulhosa de você! Parabéns para todos os envolvidos direta e indiretamente, e, principalmente, para sua avó!!!!Bjs
Profª Adriana Boyd

Talise disse...

Aaaah, eu fui! Que prazer, imenso prazer em ver minha amiga seguindo seu caminho :D

Postar um comentário

 
 
 
 
Direitos Reservados © Cultura NI