A penteadeira dos móveis coloniais

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Por Dannis Heringer e Renato Acácio / Fotos: Daniélis Heringer

"O mais bacana da entrada das pessoas no espaço antes do show começar, era simplesmente ver a banda ensaiando e logo após o público trocando uma ideia com o Móveis Coloniais de Acaju. Essas coisas não são vistas hoje."diz leleco da Rádio B.Fluminense/Studio B.

A banda, formada em 1998, pisou pela primeira vez no solo fluminense na última quinta-feira. A galera do Móveis Coloniais de Acaju, foram bastantes receptivos e responderam tudo sem tirar e nem por. A banda formada por: André, BC, Beto, Eduardo, Esdras, Fabio, Paulo, Gabriel e Xande; fizeram um show no Studio B, uma parceria entre Rádio e muito Rock’n’roll, e fizeram e aconteceram em uma noite que iria trazer muitas surpresas aos fãs que estavam lotando o espaço.

Após o show, que mexeu com a adrenalina de todos, os caras deram uma entrevista rapidinha para o pessoal do culturani. Ao perguntá-los sobre a expectativa deles para a noite, eles responderam com um pouquinho de surpresa: “Não achávamos que teríamos tantos fãs aqui na Baixada, foi uma surpresa e tanto. As pessoas daqui são bastantes calorosas.” disse-me Alexandre Bursztyn.

O nome da banda que tem uma sonoridade confusa para alguns, vem em homenagem a uma guerra que aconteceu na Ilha do Bananal, a duvidosa “Revolta do Acaju”. Algumas influências outras coincidências,  Paralamas do Sucesso esse é o nome da banda em que todos curtem, as influências são muitas fica até dificil de dizer, mas vamos comentar que é uma mistura de gêneros.

 No ano de 2005 lançaram seu primeiro disco Idem e Esdras comenta que todas as músicas são feitas a partir de algo que eles presenciam como um beijo dado quando eles estão tocando, um abraço, a família, cidades por onde passam. Em 2008 os caras tocaram em uma turnê pela Europa – Alemanha, Suíça, Bélgica, República Tcheca, e garantem que foi uma experiência incrível.

Após essa ida a Europa e de volta para nossa terrinha, os brasilienses deram outro pulo e lançaram o segundo CD, c_mpl_te (complete). O CD monstra suas evoluções como grupo e essas energias positivas que vem de Brasilia. Ressaltando que eles saíram da Posse direto para a Serra, "Vamos passar uns dias lá, pensar em algumas coisas e ver o que sai!" Em breve o nome CD da banda.


O convite inicial para tocar aqui, foi quando a Produtora Carambola (http://www.carambolaproducoes.com/) conversou com o produtor do Móveis, já que eles iriam passar pelo Rio de Janeiro e fazer alguns shows. Podemos dizer que sem dúvidas Nova Iguaçu e seus fãs vão deixar saudades para a banda, já que como em todo show de palco pequeno a fervura entre a banda e os fãs é sempre mais contagiosa e divertido.

Caio Otero da banda Colombia Coffee uma das bandas conhecidas pelo cenário fluminense, faz um comentário ao ser perguntando sobre a incrivel noite de quinta feira “Achei legal essa ideia, as coisas aqui estão crescendo em termos de estrutura e organização, tá todo mundo se mobilizando para fazer com que tudo aconteceça sem depender de datas comemorativas da cidade ou qualquer outra coisa para se manifestarem e trazerem uma banda conhecida e bacana como o Móveis.”

*Quero agradecer a produção carambola por ter ajudado a realização não só do show mais por ter me ajudado a conseguir falar com pelo menos algum deles, já que é bastante dificil de juntar todo mundo, quero agradecer também a Rádio Baixada Fluminense e Studio B por me ajudar com as fotos e ter me ajudado nos detalhes. E agrader a banda Móveis Coloniais de Acaju, por terem gargalhado nas horas esquizitas e por ficarem preocupados se iriam conseguir dar a entrevista para nós, quero agradecer a toda produção da banda, ao Esdras, Xande e o Borém por terem dado a entrevista e terem sido tão legais na hora das respostas não deixando de fora os outros já que estavam correndo contra o tempo. E dizer que esperamos que vocês voltem sempre na nossa terrinha, para pular, cantar, quantas vezes forem precisas para animar essa galera. Agradecer a todo mundo que faz parte do culturani e que ta sempre antenado nas diversidades culturais da Baixada Fluminense. Obrigada mais uma vez à Equipe e a banda Móveis Coloniais de Acaju.







3 Comentários:

Marina G [novo] disse...

Nem soube desse show, infelizmente. Adoro Móveis, o som deles é bem criativo e inteligente. :)

Beijos!

Wanderson Duke disse...

"Se o começo é o fim, não faazzzzzz mais diferença"!
Muito bom!

Dani Velozo disse...

Só uma coisa a declarar #toca_moveis_ai

Postar um comentário

 
 
 
 
Direitos Reservados © Cultura NI